CGNAT – Isso é ruim?

CGNAT – Isso é ruim?

CGNAT – Isso é ruim?

CGNAT (Carrier Grade NAT)

Todos já tem conhecimento que o IPv4 está esgotado, a matemática foi vencida devido ao limite de digitos desse protocolo criado no fim dos anos 70, hoje temos cerca de 4 bilhões de IPv4. Com isso acelera-se a necessidade do IPv6, mas também diante do cenário, “nasceu” uma medida de transição chamada CGNAT (Carrier Grade Network Address Translation).
CGNAT nada mais é que um IP “nateado”, ou seja, a operadora possui um IP real na ponta e divide ele com vários usuários através de “máscaras de rede”, tudo isso é regulamentado pela anatel. O CGNAT possui algumas características, a anatel aprovou uma range de IP’s para identificação do CGNAT, a range é 100.64.0.0/10.

O que prejudica o CGNAT?

Acesso a DVR’s, Câmeras, VPN, enfim, a NAT em nossos roteadores fica em caráter secundário visto que é a operadora que comando isso quando estamos em CGNAT.

O que não prejudica:

Vejo relatos de pessoas informando que estão jogando normalmente PS4…PC, utilizando serviços p2p (torrent) normalmente, youtube, facebook, serviços de e-mails, nada disso é prejudicado pelo CGNAT, e como a grande maioria usa a conexão apenas para esses “serviços”, não deve afetar a grande população.
Mesmo com todos os problemas causado pelo CGNAT ,hoje com o termino do ipv4 bem proximo sua aplicação ainda e a mais indicada muitas operadoras estao tendo seus ips bloqueados por conta de muito acesso por unico ip publico , problemas causado para provedores que receber apenas um /30 de link. Vale ressalta que para aplicação do CGNAT  o minimo de um bloco e um /29 .
Quer sai do sufoco e apreender como implantar o CGNAT no Mikrotik  de forma CORRETA, vou deixar na descrição o link para o curso que vai lhe explicar todo o funcionamento do CGNAT.
Deixe seu like!
Summary
Review Date
Reviewed Item
semeo consultoria
Author Rating
51star1star1star1star1star
admin