IP sendo bloqueado na Netflix , Xbox ou Psn?Entenda Como e a Resolver?

IP sendo bloqueado na Netflix , Xbox ou Psn?Entenda Como e a Resolver?

“Bloqueio de IP” pelos serviços da internet

 

Para muitos provedores hoje e uma realidade o bloqueio de alguns serviços na internet e pode ser  explicado Basicamente, o bloqueio ocorre quando há sucessivas conexões/tentativas com credenciais incorretas. Isto se aplica para o painel de controle (cPanel/WHM), FTP, e-mails (webmail, conexão POP ou IMAP), conexões SSH e diretórios protegidos.

É importante salientar que o bloqueio também pode acontecer quando há excesso de conexões simultâneas…

Outra causa de bloqueio é o “Port Scan”, ou seja, quando o servidor detecta múltiplas tentativas de conexões em diferentes portas do servidor em um determinado intervalo de tempo. Isso geralmente ocorre quando você não preenche a porta 21 como a porta de conexão em seu software cliente FTP e o mesmo tenta realizar conexões em diferentes portas.

Em alguns casos uma firewall local (em sua máquina) pode alterar as portas de saída de suas conexões e fazer com que os nossos servidores detectem isso como port scan, caso esteja recebendo sucessivos bloqueios por “Port Scan” .

Mas, por que eles fazemos isso?

Este bloqueio de IPs é imprescindível para combater ataques hackers que efetuam “brute force”,este tipo ataque faz o preenchimento de “palavra por palavra”, efetuando variadas combinações no campo de senha até que se consiga acessar o serviço. Isto muitas vezes funciona, pois grande parte das pessoas utilizam senhas fracas como: nomes de cidades, pessoas, carros, coisas, etc.

 

Soluções Temporárias

A unica solução e o provedor entregar ip publico direto para o cliente,ou seja  no roteador ,desta forma você garante a conexão fim-a-fim .Contudo isso não e possível para a maiores dos provedores seja por falta de legalização ou por seus ips são serem suficientes para atender a demanda de clientes e com isso as operadoras perderam a capacidade de fornecer um IP público e dinâmico exclusivo para cada dispositivo. Já que nem todos os dispositivos estão preparados para o IPv6, o que fazer? Compartilhar um IP público e dinâmico com mais de um usuário, para poder suprir a demanda. Isso é o CGNAT.

 

Mas estou seguro?

Isso é pior? Estou inseguro compartilhando um IP público?

Não. Apesar de vários usuários compartilharem o mesmo IP público, é possível manter a privacidade e, ainda, identificar possíveis crimes virtuais por meio do próprio IP, dos dias e horários em que o crime foi praticado e por meio das portas usadas pelo usuário.

Separamos um Curso Exclusivo para vocês confira no link abaixo!

 

 

Deixe seu like!
admin