Qual tipo de bateria Escolher para meu Provedor?

Qual tipo de bateria Escolher para meu Provedor?

Para garantir o fornecimento suficiente de energia sem parar serviços e negócios de pequenas, médias e grandes empresas precisam de baterias para garantir a continuidade de seus negócios mesmo quando há queda de energia elétrica. Hospitais, provedores de internet, usinas, sistemas de segurança e sistemas de energia solar não podem parar.

E comum no cenário de PROVEDOR surgir essa duvida, USO BATERIA AUTOMOTIVA OU BATERIA ESTACIONÁRIA. Por conta disso separamos esse post para lhe ajudar na diferença.

Curso PROJETE SUA REDE ÓTICA 


Baterias automotivas: Podem ser usadas ou devem ser evitadas?

Respondendo a questão:  Devem ser evitadas!

Baterias automotivas, como o próprio nome já diz, são projetadas para uso em automóveis, tem vida útil estimada em 2 anos, elas são feitas para estarem sempre carregadas (função exercida pelo alternador do automóvel) e fornecer  uma grande quantidade de corrente em um curto período de tempo, a descarga máxima projetada para a bateria automotiva é de apenas 10% de sua capacidade total, enquanto que as baterias estacionárias são construídas com materiais mais nobres, feitos durar mais tempo, além de suportarem ciclos profundos (até 80%) característica dos sistemas de energia solar fotovoltaicos.

Outro ponto importante que devemos considerar é a emissão de gases tóxicos pelas baterias automotivas, nos carros, estes gases vaporizados, são rapidamente dispersados pois a bateria fica debaixo do capô do automóvel, enquanto que no sistema solar fotovoltaico, a bateria pode estar sempre próxima ao usuário, podendo ocasionar problemas.

Curso Completo Mikrotik

Tipos de baterias ESTACIONÁRIA

A bateria estacionária foi projetada para oferecer quantidade constante de corrente por um longo período de tempo, além de poder ser descarregada profundamente diversas vezes.

As baterias Estacionárias possuem diversas aplicações para diferentes setores como Telecomunicações, Energia Eólica e Fotovoltaicas, sistemas de Iluminação Pública e Privada, Trânsito, Nobreaks, monitoramento remoto, centrais telefônicas, sistemas de segurança e alarmes, Caixas eletrônicos, entre outros.

Veja os 05 tipos de baterias estacionárias mais comuns de uso em sistemas fotovoltaicos:

     1. Baterias estacionárias comuns:

Também conhecidas como baterias de ciclo profundo. Tem vida útil de 4 a 5 anos, preços acessíveis e podem ser usadas, inclusive, em veículos recreacionais e sistemas de nobreak. A diferença notória deste modelo é que possui placas mais grossas, conseguindo suportar descargas mais profundas.

       2. Baterias OPzS:

São baterias estacionárias ventiladas com eletrólito líquido (ácido sulfúrico diluído).Tem vida útil que excede os 10 anos, expectativa de aproximadamente 1500 ciclos dom 80% de profundidade de descarga e preços razoáveis. Por serem ventiladas e liberarem gás, devem ser vistas de tempos em tempos para reposição de água e precisam ficar em locais apropriados para não correr riscos de explosão.

       3. Baterias VLRA:

As baterias VRLA se caracterizam basicamente pelo fato de serem reguladas a válvula e pela recombinação interna dos gases. Isso significa que a bateria não permite, em condições normais de utilização, que haja migração significativa de quaisquer elementos de dentro para fora e nem de fora para dentro. A bateria estacionária selada de chumbo ácido regulada por válvula (VRLA) tem o eletrólito em seu interior, confinado por absorção em manta de microfibra de vidro (Tecnologia AGM) ou através de sua gelificação (Tecnologia Gel). Esse confinamento, aliado à característica física da bateria, possibilita que haja um processo de recombinação interna dos gases gerados no processo de operação, de modo que não haja perda dos elementos ativos, não necessitando, dessa forma, qualquer tipo de manutenção interna (free of maintenance).

Curso Consultor Projetista de Redes Ópticas

         3.1 AGM:

Também possuem vida útil de mais de 10 anos. As baterias VRLA AGM têm uma resistência maior às temperaturas extremas, aos ciclos de descarga e carga e às vibrações e choques mecânicos, são totalmente isentas de manutenção,  além disso, têm uma melhor característica para carregar com mais facilidade, especificamente aquela de tipo dinâmico, e uma potência maior de arranque em relação às baterias tradicionais com ácido livre. O seu valor de investimento é mais alto, porém compensa pela qualidade da bateria dependendo da aplicação do projeto solar.

        3.2 Baterias de gel:

Eletrólito na forma de gel. A vida útil destas também é superior a 10 anos e são indicadas, principalmente, para sistemas solares fotovoltaicos em embarcações já que sua camada de gel dá maior estabilidade e segurança.

A curto prazo a tentação de adquirir baterias automotivas para seu PROVEDOR é grande, visto que elas podem custar menos da metade do preço de uma estacionária da mesma capacidade (Ah), mas a médio e logo prazo… a estacionária sem dúvida é a melhor opção.


Deixe seu like!
admin